fbpx

Fio dentário, sim ou não?

Deve-se usar fio Dentário?

sowash_logo (2)

Publicado por Sowash

Como e quando substituir a utilização do fio dentário por o irrigador oral.

Quando o tema é a higiene oral.

As opiniões dividem-se entre os mais exigentes que higienizam todas as cavidades dentárias várias vezes por dia, e os que entendem que uma escovagem diária é suficiente. Entre todos, estão os especialistas de higiene e medicina dentária, que apostam na eficiência e na frequência da higiene oral.

No que respeita à higiene interdental, nada distingue os mais exigentes dos menos preocupados. Mas vem dividindo opiniões dos especialistas sobre os métodos ideais neste tipo de limpeza.

Por um lado as cavidades dentárias acumulam partículas e residuos alimentares que necessitam de ser removidas. Por outro lado a limpeza exaustiva destas zonas interferem na saúde gengival. Muitas vezes a utilização de fitas e fios dentários por utilizadores com espaço interdental muito justo provoca sangramento gengival.

“Desde 1979 que o Departamento de Saúde dos Estados Unidos da América, que deixou de recomendar a utilização do fio/ fita dentária.”

O que dizem os especialistas.

A utilização dos fios dentários de forma enérgica e constante são os principais responsáveis pelo sangramento gengival. Esta utilização causa afecções graves nas gengivas, e ao longo dos anos o desgaste prematuro da dentina e o aumento do afastamento dos dentes.

A Cochrane Oral Health Group concluiu que a utilização do fio dentário mostrou pouca evidência na optimização da limpeza interdental e nenhuma evidência na redução da placa bacteriana ou do tártaro.

“A higiene das cavidades bucais, a limpeza interdental e a massagem gengival deve ser maioritariamente efectuada com água. Sim, só água.”

A solução passa simplesmente pela utilização de água. 

A pressão de água adequada e direccionada às cavidades interdentais, através da utilização de irrigadores orais. (tal como os especialistas fazem e recomendam.) 

Qualquer sistema de irrigação oral é mais eficiente, porque a pressão da água é projectada directamente para as cavidades dentárias. Com isso remover todos os residuos dos alimentos alojados, mesmo nos utilizadores com pouco espaço interdental.

A irrigação oral.

São sistemas de higiene muito seguros, utilizados por todos os dentistas e especialistas em higiene oral, em todas as pessoas de todas as idades para a limpeza de todas as cavidades bucais. Deste modo  consegue-se remover todos os detritos nas zonas mais difíceis, onde escovilhões e fios dentários não conseguem chegar.

A utilização de fio dentário tem sempre um risco acrescido de criar espaço entre dentes e desgaste de fricção.  É desaconselhado para utilizadores de implantes e coroas e essa questão não se coloca com um irrigador oral.

Mas a utilização do fio dentário também tem vantagens. 

Quando se está fora de casa, e há a necessidade de se retirar um ou outro residuo maior entre dentes que não saiu com um bocejar normal. 

Mas o fio dentário necessita de espaço para passar entre os dentes, sem o qual habitualmente desfia ou parte. E quanto mais se utiliza mais fricção é exercida entre os dentes que é nada mais que desgastar a superficie do dente. 

Há varias razões para se preferir a utilização de irrigação oral para a limpeza interdental. Entre todas a questão da facilidade de utilização, conforme o video seguinte:

Além de limpeza em profundidade, com a projecção da água consegue-se  a massagem gengival, e a remoção da película bacteriana auxiliando à não formação do tártaro.

E só com água, sem risco de desgaste da dentina entre dentes e chegando a todo o lado sem dificuldade. O jato de irrigação oral deve ser visto como essencial na higiene oral diária, juntamente com a escovagem.

“A utilização diária do irrigador oral é adequada a todos os tipos de utilizadores para a limpeza inter-dental e massagem gengival apenas com a pressão da água.”

Nos últimos anos houve um crescendo muito significativo de utilizadores de aparelhos ortodônticos em utilizadores cada vez mais jovens, mas também em adultos, contrariando a tendência de utilizadores quase exclusiva de adolescentes com aparelho como acontecia nos anos 90.

Este aumento de procura foi também visível no segmento da estética dentária com um importante aumento de utilizadores com implantes dentários e próteses fixas e removíveis.

Todos estes utilizadores têm preocupações acrescidas com a higiene oral. A higiene eficiente é uma questão que determina além da saúde, custos associados com a manutenção frequente em clínicas ou higienistas. 

Nestes casos a utilização de irrigador oral com vortice (efeito redemoinho) é de elevada importância. Estes utilizadores têm que manter todas as cavidades imaculadamente limpas, sem residuos para evitar afecções bucais e manter os aparelhos limpos.

Duvidas sobre os irrigadores orais são habitualmente muitas, e começam pelo preço de custo. Comparativamente com os fios dentários, porque os irrigadores orais são normalmente sistemas caros e de difícil utilização.

Contudo já é possível adquirir um irrigador oral em lojas online (na Worten po exemplo) na ordem dos 30€. Comparando com os beneficios e os consumíveis que não tem de comprar, pode considerar um excelente investimento, e uma melhoria na sua saúde oral.